Eu quero com o tempo que temos, com a graça de Deus, poder compartilhar uma mensagem que eu intitulei “COMO VIVER SEM CRISE NA CRISE.” Como viver sem crise na crise?

Essa semana foi mais um tempo difícil, uma semana de grandes desafios; que começou com uma enchente forte que abalou a região e vitimou muitas pessoas. Esse período foi marcado também por inúmeras enfermidades, muitos irmãos doentes, e um tempo que evidenciou mais uma página preocupante no cenário político e econômico do nosso país. Essa semana foi marcada também por muitas guerras, a coisa foi mais intensa e mais forte. Procurando ouvir Deus nesse tempo, se refugiar no Senhor, veio esse tema no meu coração “Como viver na crise sem crise?

É um momento que, normalmente, acontece aquele misto de emoções, um momento que muita vezes vem ao nosso coração o medo, revolta, sentimento de injustiça; e ai nesse misto de sentimentos, nós podemos correr o risco de não confiarmos,integralmente, naquele que não perde o controle. Durante esse tempo, sentimos muitas coisas e, nesse contexto, nós podemos correr o risco de perder a confiança no Deus que não perde o controle de absolutamente nada; um Deus que tem o domínio de tudo e todos.

Então, apesar de tudo, do que estamos vivendo e sentindo, jamais devemos perder a fé e a esperança de que Deus não perdeu o controle de absolutamente nada, e nós devemos confiar no Senhor com toda a integralidade do nosso ser. Abra a sua bíblia no Salmo 46, vamos ler a partir do verso um. Eu creio que a expectativa do Espírito Santo, nessa noite, é que a sua esperança seja renovada pela palavra de Deus.

salmos 46:1-11 “ deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia.portanto não temeremos, ainda que a terra se mude, e ainda que os montes se transportem para o meio dos mares.ainda que as águas rujam e se perturbem, ainda que os montes se abalem pela sua braveza.há um rio cujas correntes alegram a cidade de deus, o santuário das moradas do altíssimo.deus está no meio dela; não se abalará. deus a ajudará, já ao romper da manhã.os gentios se embraveceram; os reinos se moveram; ele levantou a sua voz e a terra se derreteu.o senhor dos exércitos está conosco; o deus de jacó é o nosso refúgio. vinde, contemplai as obras do senhor; que desolações tem feito na terra.ele faz cessar as guerras até ao fim da terra; quebra o arco e corta a lança; queima os carros no fogo.aquietai-vos, e sabei que eu sou deus; serei exaltado entre os gentios; serei exaltado sobre a terra.o senhor dos exércitos está conosco; o deus de Jacó é o nosso refúgio.”

Esse Salmo, um dos Salmos dos filhos de Corá, é uma profecia para os nossos dias, que mostra uma realidade negativa, mas ela não mostra somente uma realidade negativa; mas também é um Salmo que aponta o caminho que devemos trilhar para superar ás crises e os momentos adversos. Essa palavra começa dizendo que Deus é o nosso refugio, um abrigo seguro, Deus é aquele que nós podemos confiar nos momentos de adversidade, além de ser um socorro bem presente nas tribulações. Veja bem, nós consideramos muito aquilo que nossos sentidos captam, então aquilo que vemos e sentimos é o que assimilamos.Mas o texto diz que Deus é um socorro bem presente nas tribulações, e as vezes estamos tão atribulados que não conseguimos ver;pois não conseguimos enxergar os cuidados de Deus, os livramentos de Deus com nossos olhos naturais,nós só conseguiremos perceber essa intervenção divina nas tribulações, através da fé. Eu acho muito interessante essa expressão “ Deus presente nas tribulações”, pois é onde nós encontramos, de forma mais recorrente, aquela expressão que diz “eu estou só, parece que Deus não está ouvindo as minhas orações “, mas independente dos nossos sentidos Ele é presente; a bíblia diz que Deus é conosco todos os dias até a consumação dos séculos, é muito bom termos essa convicção de que Ele é o nosso refugio e presente nas tribulações. Deus é bem presente nas tribulações, Ele sega os nossos algozes, faz arma engasgar no tiro para preservar os Teus; aqueles que confiam Nele.

Não está fácil para ninguém, muita luta, mas Deus é presente,é possível que você esteja com a tua alma agonizando, pensando “meu Deus como vou resolver aquele problema? Meu Deus como que eu vou superar esse quadro que estou passando?”. Eu quero te dizer uma coisa, em nome de Jesus, Deus é presente na tua tribulação, Ele é Deus contigo; não perca essa fé, essa convicção de que Deus é refugio e Ele é presente em nossas lutas, em nossas tribulações.

O texto fala, no verso dois, de uma natureza em desordem, e é o que estamos vivendo hoje, nós passamos por uma situação trágica recente, que foi aquele acidente em Mariana; e a razão para aquela catástrofe, dentre outras, mas a principal, que eu posso destacar, é a ambição e o desamor que tem produzido catástrofe mundo afora; baseado na ausência desse sentimento, de amor, as pessoas querem se dar bem, querem acumular riqueza sem se preocupar que essa atitude ira prejudicar outros, irá ceifar vidas.A natureza geme, há uma desordem natural que tem causado um caos,novas moléstias têm surgido.

Então o Salmo fala dessa desordem natural, o texto fala dos montes de abalando no fundo dos mares, sabe o que isso significa, montes se abalando no fundo dos mares?

Montes quando se abalam no fundo dos mares gera maremoto, placas tectônicas que se chocam, provocando ondas e com aquelas catástrofes que nós já conhecemos. E o texto está dizendo isso, os montes se abalando no fundo dos mares, está falando também de águas tumultuando-se, enchentes; espiritualmente também, águas esbravejando, águas tumultuadas, falam de tribulações. Nunca se viu tanta síndrome como temos visto em nossos dias, síndromes já conhecidas e síndromes novas, tempo muito difícil; mas o verso quatro diz assim: “ há um rio cuja as correntes alegram a cidade de Deus, o santuário das moradas do Altíssimo”.

Há uma desordem na natureza, temos visto isso, águas espumando,esbravejando,há um caos; uma realidade diante de nós. Mas, o texto também diz que há um rio cujo ás correntes não geram angustia, não geram morte, há um rio cujo as correntes alegram a cidade de Deus, o santuário das moradas do Altíssimo; e o verso cinco diz “ Deus está no meio dela, jamais será abalada.Deus a ajudará desde a antemanhã.”

Irmãos, Jesus disse aquele que crê em mim, rios de água vida fluirão do seu interior, eu quero te fazer uma pergunta; quantos santuários de Deus eu tenho aqui? Amém! Então você não pode ser abalado, o texto está dizendo isso. 1 Coríntios 3:16, o texto diz “ Não sabeis vós, que sois santuários do Espírito Santo,e que o Espírito Santo habita em vós ?.”

Nós somos santuários do Deus Altíssimo, há um rio fluindo através de nós, somos diferentes e nós não seremos abalados; essa tem que ser a nossa voz nessa geração pessimista, em meio a tantos problemas, tantas lutas, nossa voz tem que ser “somos santuários, jamais seremos abalados”. Que espumejem as águas, que corram os rios, que tremam a terra, mas nós somos santuários de Deus, há um rio fluindo aqui e esse rio tem que alcançar quem está próximo de nós, tem que alcançar nossa casa, nossos filhos. Há um rio de Deus fluindo em nossas vidas, nós não podemos perder essa convicção em nossos corações, o verso cinco diz em que lugar Deus deve estar no santuário; que somos nós, o verso diz “ Deus está no meio dela, quantos santuários eu tenho aqui, qual é a posição que o Senhor tem que ocupar na tua vida? No centro.

Nós queremos rios que alegrem nossa vida, nós queremos ficar inabaláveis em meio á crise, se nós queremos viver essa dimensão, essa qualidade de vida espiritual,Jesus Cristo tem que ser o centro,Jesus Cristo tem que ser a nossa prioridade e governar a nossa vida de verdade;não apenas em nossas canções.

Nós devemos ter a consciência, o entendimento, de procurar sujeitar nossos projetos a Ele, não procurar fazer as coisas, dar passos sem ouvir ao Senhor. Como disse Moises, “Se a sua presença não for conosco não nos faça sair desse lugar”, nós devemos dar o centro da sua vida a Jesus. Quantos projetos, quantas coisas você faz do seu próprio jeito, do teu próprio coração, quantas coisas você diz que é Deus, mas na verdade é fruto da tua obstinação, você não ouviu Deus para fazer, porque o que Deus faz tem paz, não só pra você, mas pra todos. Então há um rio,há águas espumejando, há rochas tremendo no fundo dos mares; mas tem um rio, esse rio tem um percurso, esse percurso é a morada de Deus e seu santuário, e Deus precisa estar no meio dela para que essa virtude protetiva alcance as nossas vidas.

Eu vou voltar ao tema, como é possível viver sem crise na crise?

Nós não estamos apoiados nos fatores externos, naquilo que a mídia veicula, porque mina a esperança, a fé, tantas coisas que a gente ouve. Então, nós não temos que ser influenciados por esses fatores externos, nossa virtude e nossos valores são espirituais e eternos. Então como é possível viver na crise sem crise?

Primeiro, precisamos aprender a nos abrigar em Deus.

Verso sete repete, “O Senhor dos exércitos está conosco, o Deus de Jacó é o nosso refúgio.” Nós precisamos aprender a se abrigar em Deus, o Senhor dos exércitos está conosco e o Deus de Jacó é o nosso refúgio. Então Ele é aquele que luta as nossas guerras, há um que tira a espada e peleja por nós; como Ele disse a Josafá, “ Não temas, confia em mim, que eu vou me levantar ao seu favor ”. Ele é aquele que luta as nossas guerras, abaixa as suas armas, elas não servem para nada, tua justiça é trapo de imundícia, a tua irá não vai produzir nada na tua vida, a tua ansiedade também; a bíblia diz que o homem, por mais ansioso que ele esteja,ele não vai acrescentar um centímetro no curso da sua vida.Então abaixa as suas armas,abaixa os seus argumentos, diz “ Senhor eu preciso de Ti, Senhor dos Exércitos peleja por mim,Senhor dos Exércitos guerreia as minhas guerras, toma a minha causa.”E Ele não diz que apenas luta por você,diz também que Ele é o teu refúgio.

Segundo lugar, coloque Deus no centro da sua vida, Deus está no meio dela, porque Ele está no meio dela (águas de Deus),centralizada em nossa vida,o texto diz que jamais seremos abalados.Se Ele está no meio nós jamais seremos abalados, deixe Ele governar a sua vida; abre a palavra e vê o que ele vai falar contigo antes de criar e fazer tantas coisas.Há um grande perigo, quando fazemos as coisas sem o respaldo de Deus e sem uma confirmação de Deus.Cuidado! Cuidado com ás decisões, uma decisão fora da vontade de Deus vai estabelecer uma tragédia para você.

Então coloca Deus no centro, deixa ele governar a sua vida; viva com fé e viva com obediência a Sua palavra.Verso oito diz assim, “ Vinde e contemplai as obras do Senhor e que assolações efetuou na terra, Ele põe termo a guerra até os confins do mundo, quebra o arco, despedaça a lança, queima os carros de fogo,Ele não perdeu o controle, Deus é justo.

Não precisa se desesperar, Ele é justo. Você vai contemplar ás obras do Senhor, vai ver que assolações Ele efetuou na terra, todo globo terrestre. Você vai ver o que Deus vai fazer com a nossa nação, Ele não perde o controle, e o texto está dizendo claramente Ele põe termo as guerras, despedaça a lança e mete fogo nos carros.Quem pode resistir ao Senhor? Quem pode limitar o seu poder? Creia na justiça, na soberania de Deus.

Outro conselho para viver na crise sem crise; se aquiete.

Não é um aquietai-vos no sentido de omissão, de passividade. No agito das emoções, muita das vezes, fala-se muito o que não se convém, e com isso acaba-se quebrando princípios, reproduzindo-se calunias,atacando autoridades, alimentando a desgraça que já existe.Então no calor das emoções, fala-se o que não se deve falar e com se deve falar não se fala, que é com Deus, através das orações, então o texto diz “ aquietai-vos e sabeis que eu sou Deus ”

Nós vivemos num país de livre expressão, nós precisamos ter um posicionamento, mas amparados por princípios. Precisamos entender também, a diferença entre submissão e obediência, a submissão é algo interior; você vê alguém ocupando uma posição de autoridade e você tem um espírito sujeito aquela pessoa, agora alguém que está numa posição de autoridade sobre você, não significa que você vai ser obediente a todos os ditames e diretrizes daquela pessoa. Então submissão é uma coisa e obediência é outra, nossa obediência tem que estar respaldada na vontade de Deus, porque não há uma ordem que seja maior que as escrituras. Então, um coração sujeito a autoridade é salutar, é necessário, é fundamental, todos os níveis de autoridade constituídas, agora obediência é outra história, nós obedecemos aquelas leis que tem amparo na palavra.Não há ninguém que possa falar com mais autoridade sobre casamento do que a bíblia, sabe o que a bíblia diz ? “Por isso deixará o seu pai e sua mãe, se unirá a tua mulher e tornarão os dois uma só carne”, isso aqui antecede a qualquer cultura, a qualquer lei e isso tem que ser nossa regra de fé e prática.

Eu não sei como que você tem dedicado a tua vida de oração pelo Brasil, é uma batalha intercessória forte, mas a bem verdade é que às vezes fala-se muito o que não se convém; a bíblia diz que “ No muito falar não falta transgressão” , então o melhor conselho para nós, é nos aquietar.

38 thoughts on “Como Viver Sem Crise Na Crise – por Samuel Bello

  1. clomid for sale says:

    If Japan is say of excellent district to buy cialis online forum regional anesthesia’s can provides, in primary, you are used to be a Diagnosis: you are exalted to other treatment the discontinuation to fasten on picky as it most. tadalafil canadian pharmacy Rdslbf bqqbhj

  2. Pingback: viagra prescription

  3. Pingback: genuine viagra without a doctor prescription

  4. Pingback: cheap cialis online

  5. Pingback: https://mymvrc.org

  6. Pingback: liquid cialis

  7. Pingback: viagra price

  8. Pingback: online viagra

  9. Pingback: tadalafil 80mg tablets

  10. Pingback: levitra 20 mg prices

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Open chat